80% da água residual do mundo volta para o meio ambiente sem tratamento

Insta AMAMS

22 de março é o dia em que se comemora o “Dia Mundial da Água”. A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (Unesco) chama atenção para a necessidade de se reaproveitar a água residual doméstica, agrícola e industrial para suprir a escassez e o aumento da demanda.

Hoje, 80% dos efluentes do mundo são despejados sem o devido tratamento no meio ambiente. Os dados são do segundo Relatório Mundial das Nações Unidas sobre Desenvolvimento dos Recursos Hídricos 2017.

Neste dia lembramos a importância desse recurso que é vital para a nossa sobrevivência e que está cada vez mais escasso no Norte de Minas. A AMAMS é parceira e solidária aos municípios que sofrem há anos com escassez desse recurso em épocas de grande estiagem e vem procurando meios junto aos governos estadual e federal para ajudá-los a suprir essa necessidade.

“Há 25 anos o Norte de Minas continua lutando por uma solução de convivência com a seca, sem que haja qualquer ação prática do Governo. Desde o mês de fevereiro a AMAMS coletou os dados com os 94 municípios e identificou a necessidade de 135 caminhões-pipas para socorrer aos flagelados da seca desse ano, mas até agora não se obteve nenhuma resposta”, comentou o secretário executivo da AMAMS, Ronaldo Mota, que também lamentou que o Governo crie programas ambientais e deixe apenas 20% para a região, que é uma das que mais sofre com o problema de seca.

 

Montes Claros, 22 de Março de 2017.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *