AMAMS consegue apoio de Vice-Presidente da Câmara de Deputados na renegociação de dívidas rurais

José Reis - AMAMS - Viagem a Brasilia

O Deputado Federal Fábio Ramalho, vice-presidente da Câmara dos Deputados, abraçou a campanha para renegociação das dívidas rurais do Norte de Minas e Vales do Jequitinhonha e Mucuri para quem fez empréstimos a partir de 2012. Ele recebeu em Brasilia o presidente da Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene – AMAMS, José Reis e o secretário-executivo Ronaldo Mota Dias, além do presidente da Associação dos Sindicatos Rurais do Norte e Nordeste de Minas, José Aparecido Mendes, quando prometeu interceder junto ao Banco Central e ao Governo Federal. Os danos causados pela seca são os principais motivos para justificar o pleito em Brasilia. No dia 25 será realizada nova reunião no Banco Central.

Desde o dia 9 de dezembro que o Governo Federal regulamentou a Lei 13.340, de renegociação de Dívidas Rurais para quem tinha feito financiamento até o ano de 2011. Porém, deixou de fora as dívidas contraídas a partir de 2012.

O presidente da AMAMS, José Reis, prefeito de Bonito de Minas, mostrou ao deputado Fábio Ramalho ser inaceitável que a área mineira da Sudene tenha ficado excluída das Resoluções 4504/2016, 4508/2016, 4519/2016, 4522/2016, que incluiu empréstimos até 2016, tendo em vista o fato de nos últimos cinco anos a região estar castigada pela seca, com enormes danos sociais e ambientais.

 

Montes Claros, 11 de Abril de 2017.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *