DNIT pede apoio da AMAMS junto a FUNAI para retomada de Obras das BR 135

Na manhã dessa quinta-feira o  superintendente estadual do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes,  Fabiano Cunha e o seu coordenador regional, Wainer Nether, se reuniram com o presidente da  Associação dos Municípios da Área Mineira da Sudene – AMAMS e prefeito de Bonito de Minas, José Reis, também o secretário-executivo, Ronaldo Mota Dias, além do diretor do Conselho de Veneráveis do Norte de Minas, Waldeir Silva Sales e o Secretário de Administração de Francisco Sá, Rildo Antunes se reuniram para discutir sobre as obras nas rodovias da região, oportunidade que foi abordada a  retomada das obras da BR 135, no trecho de Itacarambi-Manga e foi explicado que a retomada da obra depende apenas de uma autorização da Fundação Nacional dos Índios (FUNAI), pois a rodovia passa em área da Reserva Indígena Xacriabá. Na oportunidade os representantes do DNIT pediram apoio das entidades para buscar uma solução. O trecho tem 35 quilômetros de extensão e se tornou o único sem asfalto da referida rodovia.
 
Desde o ano de 1987, portanto há 30 anos que as obras do trecho Itacarambi-Manga foram embargadas pelo Tribunal de Contas da União, por suspeita de superfaturamento. No ano de 2005 o TCU suspendeu os embargos, mas a partir daí não se conseguiu colocar mais recursos no orçamento, que permita fazer o asfalto do trecho. Nessa semana o DNIT acabou as obras do subtrecho de Montalvânia ao Distrito de Monterey, de 18 quilômetros de extensão. O subtrecho de Manga ao Distrito de Monterey já está pavimentado. Nessa semana foram realizados os últimos retoques na obra, como pintura das faixas. O ministro dos Transportes, Mauricio Quintella Lessa e o diretor geral do DNIT, Valter Casimiro Silveira deverão inaugurar o trecho dentro de 15 dias, em agenda que está sendo articulada.
 
O presidente da AMAMS, José Reis e o secretário-executivo Ronaldo Mota Dias, além do diretor do Convenorte, Waldeir Souza e Silva assumiram o compromisso de pedir uma audiência à direção da FUNAI, para conversar sobre a licença da obra. Fabiano Cunha explicou que na semana passada ocorreu reunião em Brasília, quando ele apresentou proposta de colocar R$ 50 milhões no orçamento para a conclusão do trecho Itacarambi-Manga. A partir do dia 23 de junho a BR 135 será transferida para o Estado, no trecho de Montes Claros até a BR 040  e com isso, o DER-MG e a Policia Militar assumirão as funções que hoje são do DNIT e Policia Rodoviária Federal.

Ainda na reunião na AMAMS, Fabiano Cunha e Wainer Nether explicaram que deram inicio a obra de recapeamento da BR 251, essa semana, com 100 quilômetros de extensão no trecho mais critico. Por sinal, o material retirado da pista será repassado às Prefeituras, que poderão fazer tapa buracos de ruas e avenidas. Ele fez apelo a AMAMS e ao CONVENORTE para assegurarem a inclusão de R$ 100 milhões no Projeto da Lei Orçamentária de 2018, pois isso permitirá iniciar as obras de ampliação da rodovia. A AMAMS pedirá uma audiência com o deputado Fábio Ramalho, para que a verba seja assegurada, assim como acionará a deputada federal Raquel Muniz, coordenadora da Frente Parlamentar da BR 251.  O DNIT anunciou também que fará intervenções na BR 365, com a construção de novas rotatórias de acesso nos trevos de Á gua Boa, Claro dos Poções, Jequitaí, já programada para 2018.
 
Montes Claros, 08 de Junho de 2017.

Ascom | AMAMS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *