Assistentes Sociais são capacitados na AMAMS

O Departamento de Políticas Sociais da Associação dos Municípios da Área Mineira da SUDENE – AMAMS, a partir de ação pró ativa inaugurada na Gestão do Presidente Zé Reis, elaborou pré-Diagnósticos das Receitas da Assistência Social por meio dos quais foram identificadas perdas na arrecadação dos Fundos Municipais, evidenciando que os municípios deixaram de acessar recursos federais, em razão do não atingimento de metas pactuadas com o Governo Federal.

As informações foram repassadas aos prefeitos municipais, que demandaram atendimento para orientação aos gestores da Política de Assistência Social. Em atendimento à solicitação dos municípios, foram recebidos na sede da AMAMS nos dias dezesseis e dezessete de fevereiro de 2017, os municípios de Pirapora, Buritizeiro, Ibiaí, Japonvar, Chapada Gaúcha, São João da Lagoa e Coração de Jesus na oferta de assessoramento técnico à Gestão do Programa Bolsa Família (PBF) e consultoria à Gestão do Sistema Único de Assistência Social – SUAS.

O conteúdo ministrado teve como objetivo contribuir para adoção de boas práticas gerenciais no município, que assegurem o cofinanciamento de recursos das três esferas de governo (Estadual, Federal e Municipal), por meio do alcance de bons indicadores, o que reflete na melhoria da qualidade de vida dos munícipes.

Foram dadas orientação e esclarecimentos no que se refere ao orçamento e planejamento, utilização dos recursos, prestação de contas e acesso aos sistemas informatizados dos Governos para alimentação de dados que subsidiam o monitoramento das ações e serviços pactuados.

Também foram ministradas pelos técnicos, a capacitação do Gestor do Programa Bolsa Família com orientações sobre o Programa, o funcionamento de seu sistema informatizado, com realização de oficina prática, o que possibilitou acesso às suas ferramentas digitais e o assessoramento para melhoria nos indicadores relacionados à atualização cadastral e ao acompanhamento do cumprimento de condicionalidades nas políticas saúde e educação. Fatores que incidem sobre o cálculo do Índice de Gestão Descentralizada (IGD-PBF), o que reflete nos recursos federais direcionados ao fortalecimento da gestão municipal.

Outra ação desenvolvida pelo Departamento de Políticas Sociais da AMAMS foi a Oficina de Capacitação às equipes que atuam na Proteção Social Básica da Política de Assistência Social do município de Januária – MG. O conteúdo abordado teve como objeto central a metodologia do trabalho com famílias no Serviço de Atenção Integral às Famílias (PAIF) realizado prioritariamente pelos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), na estruturação de instrumentais e métodos de intervenção que possibilitem o acompanhamento das famílias vulneráveis nos territórios, bem como a interface do PAIF com o serviço complementar denominado Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV).

A AMAMS, preocupada tanto com a gestão quanto com a execução do trabalho, visando contribuir na melhoria na oferta dos serviços às populações e ampliação da arrecadação dos municípios, tem priorizado em sua agenda de ações o assessoramento à Gestão e às equipes técnicas responsáveis pelo trabalho nos municípios.
“Com essa iniciativa da AMAMS, estamos conhecendo melhor todos os sistemas operacionais do SUAS, pra não perdermos os recursos disponibilizados aos municípios. Nesse momento de mudança de gestão é importante que os novos gestores tenham conhecimento dos recursos para melhor direcioná-los e fazer uma boa gestão”, comentou a Assistente Social de Pirapora, Vilene Ferreira Andrade.

 Montes Claros, 24 de Fevereiro de 2017.

 

Montes Claros, 24 de Fevereiro de 2017.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *